UPA é União

Archive for the ‘Textos, Pensamentos’ Category

Vou postar dois materiais riquíssimos em conteúdo e que tratam muito bem sobre essa questão. Um deles é um vídeo da série NOOMA feita pelo Rob Bell que tem uma ótima produção e o texto é em forma de diálogo, o que é bastante atrativo. O outro é uma apostila feita pela SEXXXchurch. A apostila traz a seguinte temática: 36 dias de pureza. Ela trata sobre relacionamento, pornografia, sexo promíscuo, masturbação e etc. 

É um material muito bom e tenho certeza que irá ajudar aos que estão namorando ou os que esperam no Senhor.

Abração!


Nooma | Flame

Apostila 36xxx | SEXXXchurch

imageClique aqui para baixar a Apostila em PDF.

É galerinha, foi por pouco, mas pouco mesmo… mas não pude ir na Missão Sábado, tive problemas de saúde e o encontro ficou para uma próxima. E Deus sabe o que faz,  afinal, Esperar é Caminhar. Mas como temos amigos legais expalhados por esse Brasil, nós conseguimos algumas fotos e um vídeo muiiiiiiiito bom de uma música inédita do Palavrantiga, que confesso, me arrepiou!

Então, aproveite!

=)

Um grande abraço ao Leo Norbim, e a Nice Hoffman pela disposição e registros!

Palavrantiga

Palavrantiga

Palavrantiga

Palavrantiga

Palavrantiga

 

Perrier: Melting (Derretimento)

Agência: Ogilvy & Mather
Produtora da Agência: Laure Bayle
Diretor de Criação: Chris Garbutt
Criação: Luc Chomarat; Theirry Chuimino
Diretor: Frederic Planchon
Produção: Irène
Produtor: Guillaume de Bary
Diretor de Fotografia: Patrick Duroux
Pós-Produção: Buf Compagnie

img

A empresa sueca Global Gaming Factory (GGF) anunciou nesta terça-feira (30) a aquisição do site de downloads Pirate Bay pelo equivalente a US$ 7,8 milhões. O site de compartilhamento de arquivos via torrent está entre os 100 mais visitados no mundo e foi condenado, em abril, por quebra de direitos autorais.

Em comunicado, a GGF afirmou que o site precisa de um novo modelo de negócios para sobreviver.

Segundo a empresa, um novo modelo de compartilhamento de arquivos está a caminho. “Criadores e provedores de conteúdo precisam controlar seu material e também serem pagos por ele. Os usuários precisam de downloads mais rápidos e mais qualidade”, diz o comunicado.

Um comunicado no blog do Pirate Bay comenta a aquisição, dizendo que está sendo vendido por um preço abaixo de seu valor e que “dinheiro não é o que importa”.

“A parte interessante é ter as pessoas certas e com a atitude certa administrando o site. Na internet, o que não evolui morre”, diz o texto.

O comunicado do Pirate Bay informa que os lucros da venda serão destinados a ajudar projetos de liberdade de expressão e abertura na rede.

Fonte

Daniel Paul Tammet (n. Londres, 31 de Janeiro de 1979), é um escritor, lingüista e educador inglês, portador da síndrome de Savant, síndrome de Asperger e epilepsia.

A síndrome de savant confere a Daniel Tammet capacidades especiais na memorização de números e grande facilidade na aprendizagem de línguas. Ele foi capaz de dizer 22.514 dígitos de Pi e de aprender a falar islandês em uma semana. Atualmente fala onze línguas diferentes, além de ter criado seu próprio idioma, o Mänti.

Daniel Tammet ganhou a mídia ao quebrar o recore europeu de memorização e recitação de pi, nas comemorações do dia do pi do Museu de História da Ciência de Oxford, em 14 de março de 2004. Daniel recitou os 22.514 dígitos corretamente em cinco horas, nove minutos e 24 segundos. Os fundos arrecadados neste dia foram doados a instituições que tratam de pessoas com epilepsia, mal que acometeu Tammet na infância.

O que torna Tammet único entre os savants é que ele consegue explicar para os cientistas o que se passa em sua mente. Ele diz que em sua mente cada número inteiro até 10.000 possui uma forma, textura e cor únicos, e utiliza essa capacidade para realizar cálculos matemáticos. Daniel desenhou como ele vê os primeiros vinte dígitos de pi para o programa 60 minutes. Uma prévia pode ser encontrada na seção de artes de seu site oficial.

Segundo o próprio Daniel afirmou no Late Show with David Latterman de 27/04/2005, alguns cientistas estão estudando seus processos mentais para tentar repeti-los em indivíduos “normais”.

Em 2005, foi rodado o documentário Brainman: The boy with incredible brain (algo como: “O cara com um cérebro inacreditável”), a respeito da vida e das habilidades de Daniel Tammet (um trocadilho com o título de Rain Man, filme que popularizou a figura do savant – brain significa cérebro, em inglês).
Escreveu os livros “Born on a Blue Day” (Nascido num dia azul, cor que representa, para ele, as quartas-feiras, dia da semana em que nasceu) e “Embracing the wide sky: A tour accross the horizons of mind” (Abraçando o imenso céu: Uma viagem através dos horizontes da mente, ainda sem edição em português), em que analisa suas habilidades savant à luz de estudos científicos.

Atualmente, ensina idiomas segundo seu próprio método, pelo site Optimnem.

Documentário: The Boy With Incredible Brain

image

O portal Cristianismo Hoje está de cara nova!

Mais dinâmico e com um layout bem atrativo, o portal traz textos excelentes de seus colunistas. Sempre recheados de criatividade e sabedoria.

Vale a pena conferir e divulgar!

Para visitar o portal basta clicar aqui.

Siga-os no Twiiter @cristianismohj

desemprego

Ficar desempregado não é exatamente o sonho de 9 entre 10 brasileiros. O desemprego traz estresse, cansaço, chateação, amargura e em muitos casos, descrença. Sei disso tudo, pois, por quase 6 meses, estive desempregado. E o desemprego veio em um momento nada oportuno: minha esposa estava para sair de um emprego temporário, e esperava ser chamada em um concurso no qual havia sido aprovada.

Durante quase 6 meses, nossa vida ficou em estado de suspensão. Não sabíamos o que iria acontecer. De todos os currículos que mandei, os que eram respondidos traziam um “não”, e das entrevistas que conseguia, nenhuma deu prosseguimento. Os trabalhos como freelancer também estavam meio escassos neste período.

Não foram poucas as noites de dúvida e tristeza. Mas assim como o choro tem prazo de validade determinado, a noite de nossas almas teria fim. Como sempre, nós, pequeninos homens que somos, falhamos em ver o quadro sendo pintado como um todo, e olhamos apenas em parte. Por isso, gostaria de dividir com vocês um pouco do que aprendi ao observar as pequenas partes sendo pintadas, agora que consigo ver uma parte maior do quadro já terminada.

Não dê lugar ao ócio.

O ditado popular diz que “mente vazia é oficina do diabo”. Embora creia que isso esteja longe de ser verdade, uma coisa é certa: alguém que só fica vendo o tempo passar não vive para a Glória de Deus em sua própria vida. Uma das coisas que eu fiz para manter a mente focada em algo foi juntar algumas das músicas que havia composto há algum tempo (algumas tinham apenas dias de existência, outras, anos), relembrá-las e apresentá-las a dois amigos que me acompanharam na gravação do meu EP, “Canções para Grupos Pequenos”. Embora todo o processo de gravação e mixagem tenha tomado pouco mais de uma semana, a preparação para a gravação tomou um pouco mais de tempo.

Talvez no seu caso (caso o seu caso seja o desemprego) a criatividade possa ser canalizada de outra forma. Talvez você tenha uma câmera, e esse seja o momento ideal para desenvolver algo com fotografia. Ou talvez você tenha vontade de escrever, ou até mesmo ler mais. Ocupe seu tempo com boas leituras; leia a Bíblia. Não deixe de empenhar tempo no conhecimento da Palavra de Deus. Aprenda algo novo.

Muitas vezes deixamos de ver as oportunidades que nos cercam por medo. Medo é algo desastroso. Não sou adepto da filosofia “é melhor se arrepender do que fez, e não do que não fez”, mas quando tudo que temos é uma parede branca na nossa frente, o medo de arriscar algumas pinceladas coloridas não vai levar a lugar algum.

Abrace a bênção da família e amigos

Isso pode variar de caso para caso. O meu caso foi assim: Deus foi o provedor da minha casa através de meus pais, sogros, avós, irmãos e amigos. Deus nos sustentou espiritualmente e materialmente de uma forma inacreditável, a ponto de termos passado esses meses praticamente “ilesos” (salvo pequenas dívidas). Confesso que Deus foi muito maior que nossa fé, e minha sincera oração é para que Ele seja suficiente também para você, caso esteja passando por algo semelhante.

Mas a benção da família e amigos é muito mais que meramente bens. A benção maior é o amor. E algo que pude aprender nesse tempo foi a desfrutar dos momentos em família e com amigos. Pedi conselhos para meu pai. Pude chorar e ser confortado por minha mãe. Pude receber as orações de nossas avós, e ter certeza de que suas orações foram plenamente atendidas. Pudemos passar mais tempo com amigos, até mesmo dormindo na casa deles, mesmo que morassem a menos de 300 metros de distância. Pudemos orar juntos, compartilhar sonhos juntos, ver uma nova vida se formando. A “benção” do desemprego nos deu a oportunidade de passar mais tempo com pessoas maravilhosas, com quem muitas vezes o contato não vai além de um “oi” no corredor da igreja, ou um rápido e-mail.

Desfrute da companhia do seu amor

Salvo alguns poucos dias em que tinha alguma entrevista ou algo para resolver fora de casa (o mesmo no caso dela), passamos todo esse tempo juntos. Tivemos a oportunidade, mesmo em meio ao desemprego, de finalmente comemorarmos dois aniversários de casamento atrasados – 4 dias maravilhosos que não poderíamos ter aproveitado se não fossem as circunstâncias. Vimos muitos DVDs. Minha esposa participou comigo da gravação do EP. Vimos Deus confirmar meu chamado pastoral, e também O vimos mostrar a ela que o ministério pode ser bem diferente daquilo que ele conhecia e imaginava.

Eu não creio que essas coisas teriam acontecido se estivéssemos na correria que estava as nossas vidas. “Deus trabalhas de formas misteriosas”, disse William Cowper, um poeta protestante britânico, e não posso concordar mais com essa afirmação.

Conclusão

 

É lógico que nem todo desemprego se desenrola da forma como aconteceu aqui em casa, e entendam: longe de mim está achar que somos mais abençoados por Deus do que a média das famílias cristãs, pois eu aqui contei apenas as partes boas. Como disse no início, foram muitas noites de choro, tristeza e incertezas, além de inúmeros desentendimentos. Só que no final das contas, precisamos avaliar o quadro de uma forma ampla, e não restrita.

As coisas por aqui ainda estão se acertando, mas a perspectiva que temos é de um futuro biblicamente próspero: repleto de bênçãos espirituais, mais amor e, acima de tudo, das mudanças que Deus propõe para chacoalhar as nossas bases e nos levar a um novo nível de intimidade com Ele.

Deus os abençoe.

Texto por Eduardo Mano via Solomon1 

Siga-o no Twiiter: @eduardomano